Orientações

APOSENTADORIA

SEM ENCERRAR O CONTRATO DE TRABALHO COM O BNB

Requerimento feito numa agencia do INSS levando os documentos: Carteira de Trabalho, CPF, Comprovante de endereço, comprovante das 36 ultimas contribuições.

Para o BNB o salário continua igual. Somente a conta do FGTS é zerada, o colega recebe o valor total e nos meses seguintes o BNB adiciona o salário as contribuições futuras. Alem doadicional do FGTS, o aposentado fica recebendo a aposentadoria do INSS.

ENCERRANDO O CONTRATO DE TRABALHO COM O BNB

BNB/CAPEF providencia todo o processo. O novo aposentado fica recebendo dois pagamentos. Um pelo INSS calculado com base na idade, nos 36 últimos recolhimentos e o fator previdenciário, respeitado um teto máximo fixado pelo governo. O outro, Suplemento de Aposentadoria, calculado pela CAPEF de acordo com parâmetros fixado no seu Plano de Pensão. Sobre este rendimento incide um desconto extra de 21,5% e o imposto de renda só permite abater 12%. Em ambos casos Recomendamos filiar-se a AABNB (opcional).

SUPLEMENTAÇÃO DE APOSENTADORIA

Renda vitalícia paga pela CAPEF ao participante assistido (aposentado pelo sistema BNB), calculado de acordo tempo de contribuição (máximo 360), Data da aposentadoria, Valor das Contribuição e o Plano de Suplementação (BD ou CV)

PLANO BENEFICIO DEFINIDO (BD).
No início a CAPEF só tinha este plano com as seguintes características:
a) Mutualista. Uma reserva única para todos participantes
b) O Patrocinador (BNB) podia participar com qualquer valor. Sempre fazia doações extras nos lucros obtidos
c) O Valor inicial era o ultimo salario pago pelo BNB abatido do valor pago pelo INSS.
d) O reajuste anual era igual aos funcionários do BNB.

Com a implantação das leis 108/109/2002 a CAPEF fez novo regulamento com modificações nos direitos dos participantes:
a) Fechou o plano BD para novos sócios;
b) O reajuste anual dos Assistidos é igual ao INPC se os investimentos da CAPEF alcançar uma rentabilidade igual ou maior do que a taxa atuarial calculada de acordo as regras definida pela PREVIC;
c) Para os participante ainda na fase ativa fixou o valor da Suplementação igual a remuneração do BNB de maio/97, adotando o reajuste anual igual ao dos Assistidos.
d) Criou o Plano CV (Contribuição Variável) para os novos sócios admitidos a partir desta data.

PLANO CONTRIBUIÇÃO VARIAVEL (CV).

Principais características:
1. Reserva individual. Cada Participante tem a sua;
2. O BNB continua contribuindo na paridade com igual valor do Participante;
3. A contribuição cessa quando o participante deixa o BNB.
4. O montante da reserva pode ser transferido ou sacado pelos herdeiros