Capef: Desempenho da Renda Variável 

CIFRAORenda variável tem pior desempenho em carteira do plano CV da Capef entre janeiro e agosto
Renda variável foi o segmento com pior desempenho dentro da carteira de investimentos do plano de contribuição variável (CV I) da Capef no período de janeiro a agosto deste ano. A rentabilidade do segmento foi de -5,14% nos oito primeiros meses do ano, sendo que apenas no mês de agosto, o resultado ficou em -9,08%.
Ainda assim, o plano obteve resultado acima da meta atuarial no período, com 11,19% de rentabilidade contra a meta de 10,98%, calculada em IPCA + 5,5%. O destaque da carteira do plano foi para renda fixa, com 11,80% de rentabilidade entre janeiro agosto, atrás apenas das operações com participantes (12,62%). Investimentos estruturados renderam 6,71%.
Já no plano de beneficio definido (BD) da Capef, os segmentos tiveram retorno positivo no acumulado do ano, porém, o plano em si ficou pouco abaixo da meta, com rentabilidade de 10,87% contra a meta de 11,55%, calculada em INPC + 5,5%. Renda fixa obteve retornos de 11,64%; renda variável de 8,25%; estruturados de 10,50%; e imóveis de 4,33%

FONTE: Agência Investidor Online